Sindióptica-RS alerta para a compra de óculos piratas sem procedência e comercializados de forma ilegal

Saúde Ocular - Sindióptica-RS - óculos só em óptica - Sortimentos.com Shopping
Saúde Ocular – Sindióptica-RS – óculos só em óptica – Sortimentos.com Shopping

Sortimentos.com Saúde Ocular

Sindióptica-RS alerta para a compra de óculos piratas sem procedência e comercializados de forma ilegal

Os produtos piratas sem procedência e comercializados de forma ilegal seguem como foco das ações do Sindicato do Comércio Varejista de Material Óptico, Fotográfico e Cinematográfico ( Sindióptica-RS ) para 2021. Entre as iniciativas está o alerta que óculos ou lentes falsificados, além de prejudicar a saúde visual, podem estabelecer mais um risco como vetor de contaminação do Covid-19. O Sindicato evidencia de forma educativa a importância de preservar a saúde ocular e todas as consequências adversas do uso de óculos falsificados, como fadiga ocular, lesões na retina, alergia e até cegueira.

Sindióptica-RS destaca que há situação de risco de contaminação por Covid-19 com a falta de segurança sanitária, manejo inadequado sobre artigos expostos na rua, uma vez que as formas de contágio pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas, que invariavelmente não recebem tratamento de higienização, aumentam os riscos de doenças transmissíveis. Ao comprar em ópticas o consumidor está adquirindo produtos em estabelecimento que segue protocolos de atendimento e de higienização dos produtos.

Óculos só em óptica

O Brasil opera com 60% de produtos falsificados. Óculos de sol ou lentes de grau estão entre os cinco produtos comercializados de forma ilegal. Em 2020 o Brasil perdeu R$ 287,9 bilhões em recolhimento de impostos diante da venda de produtos ilegais, segundo o Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade (FNCP). A venda pirata está relacionada a crimes de contrabando de armas e drogas, aliciando imigrantes estrangeiros para a prática.

Lembre: ao comprar produto falsificado, pirata, sem procedência você colaborando para a informalidade e gerando desemprego no País, afetando a contratação formal na indústria nacional, comércio e serviços. Prestige produtos fabricados no Brasil!

Rio Grande do Sul Notícias