Home Office : dicas para otimizar o espaço que virou realidade para muitos profissionais

Home Office - Projeto arquiteta Cris Paola - Foto: Luis Gomes
Home Office – Projeto arquiteta Cris Paola – Foto: Luis Gomes

Tendências : Home Office

Home Office : dicas para otimizar o espaço que virou realidade para muitos profissionais

Home office o novo normal na Covid-19. Trabalhar em casa é a nova realidade para muitos trabalhadores. É hora de adaptar o espaço em casa para garantir bem-estar e produtividade.

Para o foco e a disciplina continuarem iguais ao escritório é necessário ter um ambiente bem projetado, que permita otimizar as tarefas e organizar as demandas do dia a dia. Portanto, não deixe de pensar nos móveis certos para essa necessidade.

Mesa

O primeiro item é a mesa, que precisa ter espaço para acomodar o computador e, quando possível, uma área de apoio para escrever, colocar um porta-canetas ou deixar uma agenda. Atenção: também convém levar em conta os movimentos feitos no trabalho. No quesito altura, o ideal é uma bancada entre 72 e 75 cm, fator que garante manter a postura de quem a usa. Lembrando que o cotovelo deve ficar de 3 a 4 cm abaixo do tampo da mesa.

Cadeira

O segundo item essencial, seja em casa ou num escritório, é a cadeira, que requer ergonomia para manter a saúde do usuário. Ou seja, os pés precisam encostar-se ao chão por completo e a postura deve ficar reta por meio de encostos ajustáveis. Importante que os cotovelos se mantenham em 90º em direção à mesa e a 20 cm de distância da peça – essa posição cansa menos os músculos e não prejudica a coluna. A regulagem da altura também é fundamental para a ergonomia da cadeira.

Gavetas

Pensando em ambientes maiores ou destinados apenas ao uso como home office, gaveteiros são indispensáveis para a organização e funcionalidade do dia a dia. Eles são ótimos para organizar os materiais de escritório e até mesmo a papelada. Para a gaveta ser útil, pense no tamanho dos itens que serão armazenados. Nichos abertos e áreas fechadas também ajudam a orquestrar o que necessário ficar escondido e o que você deseja manter à vista, como objetos e itens usados o dia inteiro.

Para quem tem mais papéis, livros e documentos que precisam ser guardados, uma estante ou um armário é fundamental no ambiente. A estante aberta pode acumular poeira, mas, em contrapartida, deixa tudo mais fácil de encontrar. Uma sugestão é dispor papéis e documentos em caixas e deixar apenas livros a vista. No caso de armários, as prateleiras são ótimas para colocar em ordem os documentos e os arquivos.

Iluminação

A iluminação também é fundamental para garantir a saúde dos usuários do home office. Isso porque ambientes escuros podem fazer com que force a vista e acabe prejudicando a visão. Portanto, vale apostar numa luz geral, e outra direta, iluminando a escrivaninha e outro item que seja necessário evidenciar. A luz natural também é bem-vinda para garantir bem-estar no espaço.

Assim como a iluminação, a ventilação é primordial para garantir horas de trabalhos saudáveis e tranquilas. A janela é indispensável para renovar o ar, e no caso de ambientes muito quentes, confira a possibilidade de instalar um ventilador de teto ou até mesmo um ar condicionado. Pronto, bom trabalho!

Home Office - Projeto arquiteta Cris Paola - Foto: Luis Gomes
Home Office – Projeto arquiteta Cris Paola – Foto: Luis Gomes

Ambiente

No apartamento reformado pela arquiteta Patricia Cardoso de Mello, o home office foi separado da sala pelas portas de correr. O ambiente deixa os livros à mostra e recebe iluminação de led que valoriza as prateleiras. A escrivaninha traz uma grande gaveta para colocar documentos e papelada, já o móvel aéreo organiza o restante dos itens sem deixar nada aparente. Já a estante com nichos vazados exibe enfeites e caixa para documentos.