Produção de máscaras para prevenção da Covid-19 se transforma em oportunidade de negócio

Produção de máscaras para prevenção da Covid-19 se transforma em oportunidade de negócio

A Ouseuse, uma das maiores empresas de moda íntima em Juruaia /MG, começou a produzir máscaras após o governo liberar a confecção caseira do ítem. Em poucos dias, mais de 5 mil máscaras de TNT (40 gramas – polipropileno) foram confeccionadas. Desse volume, 350 foram doadas ao Supermercado São João, de Guaxupé, para uso dos colaboradores. Como ‘pagamento’, o supermercado repassou 16 cestas básicas para doação à famílias carentes de Juruaia. “Essa corrente do bem é muito bacana. Uma boa ação gera outra boa ação. Estamos a todo vapor para ajudar a combater o coronavírus”, diz Rosana Marques, diretora executiva da marca. “No momento, essa é a atitude certa a fazer. Temos, antes de mais nada, que pensar nas vidas humanas”, define.

Novo negócio

Para a empresária a produção de máscara poderá integrar o processo produtivo da empresa. “As máscaras, a exemplo de países asiáticos que já as utilizam no dia a dia, serão comuns daqui pra frente. Vai se tornar um hábito do brasileiro usar essa proteção contra os vírus. E já estamos estudando a possibilidade de confeccionar, também, gorros e aventais para a área de saúde”, antecipa.

O novo ítem no catálogo de produtos da OuseUse já teve pedidos. Uma empresa de São Paulo, encomendou 1 milhão de máscaras para os próximos meses. “A Ouseuse não irá conseguir atender sozinha a esse pedido. Por isso, já estou mobilizando outras confecções da cidade, assim como facções, para que possamos atender essa solicitação”. Até o momento havia solicitações para pordução de 2 milhões de máscaras em Juruaia.  “Essa guinada deu um upgrade na cidade e estão todos muitos animados. Juruaia sempre foi uma cidade unida e, com a crise, estamos mais fortes do que nunca”, destaca Rosana.