Casa – Roupas de inverno precisam ser lavadas antes de guardar para não estragarem

dicas-organizacao-como-guardar-roupas-inverno-armario-sortimentos-foto-reproducao-internet-600x350-1
Guardar roupas de inverno sem lavar, sejam elas pessoais ou itens de cama, banho e decoração, pode fazer com que elas sejam permanentemente danificadas
Você usou pouco suas roupas de inverno e sente que está na hora de guardá-las, afinal, parece que não fará mais frio no estado de São Paulo. Então, é só dobrar e guardar cobertores, edredons, casacos e peças de couro, certo? Errado. “Toda a peça que foi usada, mesmo que uma única vez, precisa ser lavada”, ensina José Carlos Larocca, presidente do Sindilav.
Larocca explica que as roupas de uso pessoal, mesmo que aparentemente limpas, recebem vários elementos que as sujam durante o dia. “Desodorante, perfume e creme corporal; suor; poluição; vestígios de alimentos e bebidas; poeira da rua; gotículas de água contaminada; gordura das mãos, tudo isso pode fazer com que, depois de guardada, a peça seja impregnada pelo mofo, que destrói o tecido. Você guarda a peça e, quando a retira no ano seguinte, a percebe manchada”, diz.
O mesmo acontece com as roupas de cama e mantas de sofá, com o agravante de essas peças acumularem ácaros, que causam alergias. “Elas também precisam ser lavadas antes de guardar”.
Na hora de guardar, esqueça-se do saco plástico. “Esse material abafa a peça e promove o crescimento das bactérias. O ideal é utilizar uma capa de TNT ou até uma fronha, que deve ser lavada todos os meses. As peças que ficam guardadas podem ser colocadas para arejar mensalmente, de maneira que se mantenham mais limpas”.

Foto: Reprodução Internet