Ovos menores e barras de chocolate serão apostas dos supermercados gaúchos na Páscoa 2015

Agas Antonio Cesa Longo
Dispostos a buscar um crescimento na comercialização de chocolates em meio ao cenário de instabilidade macroeconômica deste ano, os supermercados gaúchos vão apostar em ovos de chocolates menores, em barras, bombons e tabletes para alavancarem as vendas de Páscoa em 2015.
A informação é da Agas, que durante o mês de fevereiro consultou associados em todo o Estado para saber as perspectivas do autosserviço para a Páscoa – tradicionalmente a segunda melhor data festiva em vendas para os supermercados, atrás apenas das festas de fim de ano. Segundo o presidente da entidade, Antônio Cesa Longo, as empresas do segmento projetam um crescimento real médio de 2% na festividade, em 2015, na comparação com a Páscoa de 2014.
Conforme o supermercadista, os fatores para esta projeção moderada passam pelo endividamento das famílias, pela diminuição do poder de consumo dos gaúchos em função de aumentos em contas regulares, como energia e combustíveis, e pela ocorrência da Páscoa em um período mais cedo do que em 2014, quando, devido ao clima mais frio, os consumidores estavam mais propensos a comer chocolates. “O gaúcho está com a intenção de presentear mais pessoas, mas com certeza serão ovos de chocolate menores. Em anos anteriores, os consumidores procuravam ovos grandes para agraciarem as crianças, enquanto neste ano a tendência é que procurem ovos menores, mas com brinquedos maiores. É uma mudança nos hábitos de consumo”, alerta Longo, informando que esta tendência está diretamente ligada ao poder crescente que as crianças exercem na escolha dos seus presentes de Páscoa.