Curitiba – Monsters Tour leva show das bandas Ozzy Osbourne, Judas Priest e Motörhead à Pedreira Paulo Leminski

Monsters Tour Curitiba - Shows Ozzy Osbourne Judas Priest e Motorhead
Curitiba recebe na terça, dia 28 de abril de 2015, o festival de rock “Monsters Tour”, que traz para a cidade ícones do heavy metal mundial: Ozzy Osbourne, Judas Priest e Motörhead. Com realização da Prime, Like Entretenimento e Hits Entretenimento, o evento será realizado a partir das 18h30 na Pedreira Paulo Leminski (R: João Gava, s/n).
 
 
Ozzy Osbourne
Um dos fundadores do célebre Black Sabbath em 1969, onde ficaria até 78, Ozzy iniciou sua carreira solo com o lançamento do álbum “Blizzard of Ozz”, até hoje considerado um dos mais importantes álbuns do rock mundial, com seus personalíssimos vocais. Em 94, ele ganhou um Grammy de melhor música e em 93 anunciou sua aposentadoria, voltando porém aos palcos em 95. Foi indicado mais duas vezes ao Grammy, em 2008 e 2011, e apenas nesse novo século ganhou alguns dos mais importantes prêmios da música, como o MTV Music Awards, o NME e o Prism, além de receber os títulos de “Imortal do Rock”, “Ícone da Música” e “Lenda Viva do Rock”.
Músico lendário, Ozzy idealizou o famoso OzzFest, que já revelou bandas como System of a Down e Korn, realizado por ele e sua mulher Sharon desde 1996. A partir de 2002, Osbourne atingiu um novo patamar de reconhecimento mundial, ao estrelar com a família o reality-show The Osbournes, lançado pela MTV e um enorme sucesso no mundo inteiro. Em carreira solo já lançou 11 álbuns de estúdio, cinco álbuns ao vivo e nove DVDs. Já vendeu mais de 90 milhões de cópias de seus discos em todo o mundo.
 
 
Judas Priest
A banda britânica Judas Priest foi criada em meados de 1969, em Birmingham, Inglaterra, e é considerada por alguns críticos, ao lado do Black Sabbath, do Iron Maiden e do Motörhead como um das quatro principais bandas de Heavy Metal na história. Independente da crítica, o Judas é definitivamente um dos precursores do heavy metal moderno e um dos grupos mais influentes do metal desde os anos 70. Foi a primeira banda a unir o peso e a temática violenta criados pelo Black Sabbath à velocidade de alguns grupos de rock como o Deep Purple, adicionaram duas guitarras ao seu som e também foram os responsáveis pela retirada do blues característico de grupos de hard-rock britânico dos anos 70. Foram também precursores da adoção das roupas de couro com adereços de metal cromados e correntes advindos do punk rock, criando o figurino oficial do hard rock que vigora até hoje.
O primeiro disco da banda, “Rocka Rolla”, foi lançado em 1974. Das primeiras formações da banda ainda permanecem no grupo o vocalista Rob Halford, o guitarrista Glenn Tipton e o baixista Ian Hill. Em 45 anos de carreira lançaram 19 álbuns de estúdio, o mais recente, “Redeemer of Souls” em 2014, tendo vendido mais de 50 milhões de discos em todo o mundo. Em 2010 a banda ganhou o Grammy para “Melhor Performance de Metal” por “Dissident Aggressor”.
 
 
Motörhead
Formada em 1975 na Inglaterra, a banda Motörhead é considerada uma das maiores do heavy metal no mundo, ao lado de Black Sabbath, Judas Priest e Iron Maiden. Prestes a completar no próximo ano 40 anos de carreira, já lançou 21 álbuns de estúdio e vendeu mais de 30 milhões de cópias. Seu mais recente CD é “Aftershock”, de 2013. Considerada uma das bandas de mais peso e velocidade no cenário do metal, o Motörhead é um dos grupos que mais influenciou outras bandas de diferentes vertentes como o heavy, o thrash metal e o punk rock.
O baixista Lemmy Kilmister, até hoje no grupo, começou na música na década de 1960, como roadie da banda de Jimi Hendrix, e foi o criador do Mötorhead, que inicialmente se chamava Bastards. Depois de dois álbuns, conquistaram o sucesso junto ao público em 79, com “Bomber”. Em 1992 lançaram “March ör Die”, seu maior sucesso comercial, com participação do guitarrista Slash (Guns N’ Roses) em diversas canções e uma parceria com Ozzy Osbourne na canção “Hellraiser” (também lançada por Ozzy no álbum No More Tears). Em 2005 o Motörhead ganhou o Grammy na categoria Melhor Performance de Metal.
 
INGRESSOS: variam de R$220,00 (meia-entrada) a R$1.430,00 (inteira), de acordo com o setor.
– PISTA – R$440,00 (inteira) e R$220,00 (meia-entrada);
– PISTA PREMIUM (acesso em frente ao palco) – R$682,00 (inteira) e R$341,00 (meia-entrada);
– CAMAROTE OPEN BAR (Acesso exclusivo em frente ao palco. Incluso: refrigerante, vodca, cerveja e água) – R$ 1.430,00 (inteira) e R$715,00 (meia-entrada).
ACESSIBILIDADE
– No local da apresentação, estão disponíveis áreas para pessoas com deficiência devidamente sinalizadas e localizadas nos camarotes. O cliente deverá identificar-se no ato da compra, como pessoa com deficiência.
– Os espaços estão elevados a 80 cm do chão, com rampas de acesso de acordo com as normas exigidas, delimitados com guarda-corpos, banheiros químicos adaptados. Não será liberada a entrada de acompanhantes na área do PNE (Portadores de Necessidades Especiais).
– Uma equipe de brigadistas estará disponível para acompanhamento ao local e assistência. Seguranças controlarão os acessos para garantir o uso adequado.
OBJETOS PROIBIDOS
– Garrafas, latas, bebidas, utensílios de armazenagem, embalagens rígidas com tampa, capacetes, cadeiras ou bancos, armas de fogo, armas brancas, objetos pontiagudos, cortantes e/ou perfurantes, fogos de artifício, objetos de vidro.
– Câmeras fotográficas ou filmadoras profissionais ou com lente destacável.
– Cartazes feitos com papelão grosso e/ou fixados a madeiras, canudos rígidos, etc.
– Bastão para tirar foto.
– Substâncias inflamáveis, corrosivas.