Festimalha 2016 – Feira de moda malha tricot supera metas antes do encerramento

Festimalha 2016 - Feira de moda malha tricot inverno 2016 - Foto Mauro Stoffel
Festimalha 2016 – Feira de moda malha tricot inverno 2016 – Foto Mauro Stoffel

Malheiros comemoram vendas antes do término da feira, que encerra no dia 5 de junho de 2016.
Última semana reserva atrações musicais e tendências em moda malha tricot

Corredores repletos de visitantes e inúmeras sacolas na mão. Esse é o cenário da Festimalha 2016 – Feira de Moda Malha Tricot que acontece na cidade de Nova Petrópolis, na Serra gaúcha. De quinta a domingo, o Centro de Eventos recebe milhares de consumidores prontos para lotar os guarda-roupas com peças quentinhas e que estão na moda. A satisfação estampada no rosto de expositores e visitantes demonstra o sucesso da feira. Das 350 mil peças colocadas à venda no início do evento, inúmeras precisaram ser repostas ou estão com estoques reduzidos, em função do sucesso.

“Os malheiros estão muito satisfeitos com as vendas neste ano. O clima, a qualidade e a diversidade de peças colaboraram para esse cenário. Um dos expositores afirmou que o aumento em relação ao ano passado foi de 70%”, destaca a diretora do Departamento de Malharias da Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis (ACINP), Michele Arend.

As diversas opções de malhas e acessórios encantam os visitantes que saem com sacolas cheias. A família de Graziela Scapinello, de Ipê, viajou à Nova Petrópolis especialmente para visitar o Festimalha e saiu com mais de 15 peças. “Esta é a primeira vez que visitamos o evento e gostamos muito. Comprei peças diferenciadas, que não encontro nas lojas da minha cidade”, frisou. “A feira está muito interessante, bem organizada e os preços estão bem acessíveis. Conseguimos encontrar tudo o que procurávamos”, elogiou Valdecir Zanotto, familiar de Graziela.

Última semana de 27º Festimalha
Na quinta-feira, 2 de junho, inicia a sexta e última semana de 27º Festimalha. Quem ainda não aproveitou para renovar as malhas e acessórios para o inverno têm até domingo, 5, para conferir as novidades e desfilar elegância e conforto na estação mais fria do ano. Entre as peças mais procuradas pelos visitantes estão os quimonos e ponchos, “queridinhos” deste inverno. Saias, calças, colete, blusas com fios apeluciados, golas e chapéus também fazem sucesso entre os consumidores.

“Estamos muito satisfeitos com a qualidade e variedade dos produtos e com a presença de público de inúmeras cidades do Brasil. Essa edição demonstra que estamos no caminho certo e que o Festimalha é uma feira com moda para todos. Esperamos que os últimos quatro dias de evento aumentem ainda mais as vendas”, ressalta o presidente da Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis (ACINP), Cláudio Michaelsen.

Entre as atrações da última semana, os visitantes conferem o acústico TNG Duo, no sábado, 4 de junho, e Acústico Soneto, no domingo, 5, na Praça de Alimentação, a partir das 15h. A bandinha alemã também se apresenta na entrada do Centro de Eventos, no domingo, às 14h.

Os números finais da Festimalha 2016 serão divulgados até o dia 13 de junho.

Festimalha
Tradicional no Rio Grande do Sul, a Festimalha teve sua primeira edição em 1990 e hoje é a maior feira de malha tricot do Sul do país e um dos maiores eventos de moda do estado. Realizado no Centro de Eventos de Nova Petrópolis, amplo pavilhão coberto de 2,7 mil metros quadrados, a apenas cinco quadras do centro da cidade, o Festimalha oferece uma extensa feira de malhas e acessórios de moda, com opções de peças masculinas, femininas e infantis, praça de alimentação, desfiles que apresentam os lançamentos do outono-inverno, shows musicais e espaço para recreação infantil, além de amplo estacionamento, garantindo o conforto do público visitante.