Marcia Jorge – Bolsas de mão: Como usá-las?

Marcia Jorge - Bolsas de mão: Como usá-las?

Bolsas de mão: Como usá-las?
por Marcia Jorge

Quando você acredita que é mestre na arte de usar adequadamente a bolsa como acessório
indispensável no visual, se engana. São diversos modelos, estilos, tendências.
Mas para alinhar o estilo ao perfil é preciso saber algumas regrinhas básicas, em especial,
as de tamanhos menores, estilo carteira e clutchs.

Clutchs
Elas existem em cadeia. Diversos modelos, formas, cores e estilos para agradar todos os gostos.
E será que todas valem para qualquer ocasião e pessoa ? É preciso cuidado e bom senso,
assim como não é toda roupa, mesmo tendência, que veste bem em todos os tipos de corpo,
a bolsa também pode “detonar” uma produção, se usada de maneira inadequada.
“As clutchs, carteiras e bolsas de mão há tempos deixaram de ser peças usadas
exclusivamente em produções de festa”

O acessório que deixa de ser um hit da moda festa, agora, são vistas no dia a dia e  nos mais
variados modelos. A bolsa de mão figura muito bem quando coordenada com jeans,
por exemplo, e que tudo depende do estilo, das cores e do material da peça.
Entre as grandes apostas da estação fria 2012 estão bolsas de mão em píton nas versões
naturais ou supercoloridas, de tecidos mais modernosos como o nylon, couros exóticos, glitter,
patchwork e com muitas franjas. A ordem é ousar!

A linha também traz peças que são para segurar entre os dedos, o que sugere que estão cheios
de anéis. Os detalhes são infinitos: tem as de caveira, de pêlo, tachas, matelassê, paetês e muitas
outras opções. Superelegantes e femininas, não existe mulher que não combine com algum
dos tantos modelos e tipos que existe.

Se a ideia é usar o acessório à noite, a dica é optar pelas bolsas com materiais mais nobres e delicados
como o cetim, superbrilhantes, metal ou até mesmo com pedrarias. Fica um must!

Para usar a luz do dia – a democracia prevalece! Investa em modelos com materiais mais despojados
como tecido, nylon ou palha. As versões em couro, píton e camurça valem tanto para o dia quanto
para a noite. As peças brilhantes, por sua vez, como as de paetês, verniz ou de malha de metal,
de tamanho maior, também são ótimas pedidas para o dia a dia, mas…. “se  você ‘segurar’ o look”.

Para mulheres de estatura mais baixa, atenção! O ideal é optar por carteiras, bolsas de mão
ou clutchs no tamanho médio a pequeno. Já as mulheres de estatura mediana ou alta,
já podem apostar nas maxi-carteiras. As muito altas devem evitar as mini bolsinhas de mão.
É uma questão de proporção.

Tome nota:
Para preservar as bolsas e manter a elegância, leve apenas o necessário como celular, documento,
dinheiro e o batom para retocar a maquiagem, assim, não deforma a peça e mantém a classe
. Para guardá-las, a dica é utilizar saquinhos de TNT individuais para cada peça.

Marcia Jorge

A stylist Marcia Jorge oferece serviços de consultoria de imagem e estilo aos seus clientes. Marcia percebeu a influência que a Moda exerce sobre as pessoas e o comportamento assumido por elas frente ao tema. Apaixonada por moda, modelos e revistas, Marcia Jorge iniciou sua carreira como booker em agências, quando resolveu, no meio do curso de Publicidade, mergulhar no mundo da moda. Observadora, percebeu que havia uma interessante fusão entre a Moda e as mais diversas questões comportamentais femininas. Ingressou então na Psicologia. Marcia Jorge atuou em agências de modelos, entre elas a Taxi Agency, a International Management Group – que cuida da carreira da top Gisele Bündchen; e a L´Equipe Agence. Ainda em sua passagem por agências de modelos foi retratada por Bob Wolfenson, junto com outros bookers em evidência na época, para o livro “Moda no Brasil por brasileiros”. Marcia Jorge também contou com formação em Consultoria de Imagem e Estilo Pessoal com a especialista em personal styling, Milla Mathias.

Fotos : Moisés Pazianotto.