Morre aos 71 anos Alcindo Martha de Freitas, o Bugre Xucro, maior goleador do Grêmio

Alcindo Martha de Freitas - Bugre Xucro - Foto arquivo pessoal
Alcindo Martha de Freitas – Bugre Xucro – Foto arquivo pessoal

Alcindo Martha de Freitas, o Bugre Xucro, maior goleador da história do Grêmio, morreu na noite de sábado (27.08.16), aos 71 anos, no Hospital São Lucas da PUC-RS, por complicações decorrentes de diabetes, que combatia desde a década passada. Alcindo está sendo velado, no domingo (28.08.16), na capela 4 do Crematório Metropolitano. A cerimônia de cremação ocorrerá às 16h.

Nenhum jogador marcou mais gols que ele no Estádio Olímpico. Foram 129 em 186 jogos. Ao todo, fez 636 gols na carreira, sendo 264 gols com a camisa tricolor. Foram 11 anos no Olímpico.

Natural de Sapucaia do Sul, chegou ainda menino, com 15 anos, em 1960 — após ser dispensado do Inter por pedir ajuda de custo para treinar. Passou um ano emprestado ao Rio Grande, em 1963, e retornou para fazer seu primeiro jogo como profissional do Grêmio: justamente um Gre-Nal em 23 de abril de 1964.

Com apenas 19 anos, Bugre marcou dois gols em seu batismo de fogo e escreveu seu nome na história do clássico. Foi ali também que surgiu a rivalidade com Gainete, goleiro do Inter à época. A cada Gre-Nal, os dois faziam questão de discutir e trocar gentilezas. E protagonizar duelos inesquecíveis em campo.

O gol mais bonito da carreira do artilheiro foi marcado no Olímpico em 16 de fevereiro de 1966, no amistoso do Grêmio com a seleção russa. Após arrancada em velocidade pela esquerda, enfileirando cinco russos até a pequena área, chutou no canto esquerdo do goleiro Victor Bannikov, na goleira da Cascatinha.

A esposa de Alcindo, Rosangela Bettio Ferreira Martha de Freitas, escreveu  mensagem linda na rede social :
“Muita dor meu amor, meu amigo, parceiro, idolo, pai dos meus filhos e meu tudo partiu. Meu Mimo te amarei para sempre. Velório no crematório metropolitano na Oscar Pereira n° 584 capela 4. Cerimônia de cremação às 16 horas.💙💙. Ele deixa a mulher Rosângela e três filhos: Yur, Ray e Dayó.