Marcelo Tas grava audiolivro da Editora Nossa Cultura

07/09/2010 || 10:01 |   

Marcelo Tas grava audiolivro da Editora Nossa Cultura

O jornalista multimídia Marcelo Tas concluiu no início de setembro/10
a narração do audiolivro Engolido pelas Labaredas, do humorista
norte-americano David Sedaris, lançamento da Editora Nossa Cultura
previsto para outubro. A obra relata, com o humor ácido característico
de Sedaris, situações cotidianas vividas pelo autor.

“Eu nunca tinha pensado em narrar um livro. No momento em que recebi
o convite pesquisei sobre o mercado e não imaginava que as pessoas
se interessavam tanto pelos audiolivros. Já é um mercado muito estabelecido
na Europa e Estados Unidos. Não é voltado apenas aos deficientes visuais,
mas também às pessoas que querem distrair-se durante o trânsito caótico
das cidades ou enquanto caminham pelo parque”, declarou Tas.

Marcelo conheceu Sedaris durante a Feira Literária Internacional
de Paraty (Flip) 2008 e disse que os dois possuem muito em comum.
“Temos a mesma idade e somos comunicadores com experiência em rádio.
O texto do Sedaris tem as palavras bem encadeadas, ele não se preocupa
apenas com o significado delas mas com a sonoridade também,
para que o texto fique gostoso de ler. E como a tradução foi muito bem feita,
a versão em português manteve esse estilo e a leitura está bastante gostosa”,
disse Tas. “Parece que estou vendo um filme no momento
em que estou narrando”.
           
Tas afirmou ter gostado bastante da experiência de narrar um livro
e a preparação incluiu descobrir o tom para narrar a história
para uma única pessoa. “Estou acostumado a falar para várias
pessoas ao mesmo tempo, que é como as coisas funcionam na TV.
Para esse trabalho tive que aprender a falar para uma só, já que,
em geral, se ouve o audiolivro separadamente”. Tas não quis ensaiar
muito. “Acho que o primeiro resultado é sempre o melhor”.
Ele complementou ainda que preferiu imprimir tons diferentes
para retratar os diversos personagens que aparecem nos contos
em vez criar vozes para os personagens.
 
Somente a narração de Tas consumiu 20 horas. Ao todo,
segundo a Editora Nossa Cultura, o trabalho de produção sonora
de um audiolivro como o Engolido pelas Labaredas deve consumir
cerca de 50 horas de estúdio, entre gravação, edição, revisão e finalização.
Engolido Pelas Labaredas é a sexta coletânea de relatos autobiográficos
de David Sedaris e já foi traduzido para 25 idomas. O audiolivro
será lançado pela Editora Nossa Cultura em outubro em faixas de MP3.